18 de dezembro de 2012

Bolsa Funarte de Criação Literária












No dia 12 de dezembro, saiu o resultado da Bolsa de Criação Literária da Biblioteca Nacional. Eu fui uma das contempladas (ainda nem acredito), com o projeto do livro Ruínas. Fiquei feliz. Pela bolsa, claro, mas, principalmente, pelo fato de pessoas que não me conheciam terem gostado dos meus textos. Desconfiada como sou com o que escrevo, bom saber disso. Agradeço à Gal Meirelles - que me ajudou com a escrita do projeto - e ao poeta Roberval Pereyr - que escolheu, comigo, os minicontos a serem enviados. Sou grata ainda a todos os meus amigos, que sempre me incentivam e torcem por mim.

11 comentários:

  1. Parabéns, Lidi, por mais essa conquista!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Ângela, pela amizade e pela torcida de sempre! Bjs

      Excluir
  2. Lidi,
    Quem tem sensibilidade e talento, vai longe.
    Desejo todas as felicidades!
    Abraços
    Flávia Aninger

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Flavinha, bom ler palavras assim, ainda mais vindas de uma pessoa especial que admiro tanto. Obrigada. Adoro você. Bjs

      Excluir
  3. Parabéns Senhorita Lidi, que Ruínas venha pleno como sei que á tua bela escríta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, amigo Georgio. Ah, quero comprar o teu livro. Envie por Thadeu, que eu passo a grana para ele. Bjs

      Excluir
  4. Lidi,

    Parabéns por essa conquista!!

    Fiquei muito feliz, pois é um reconhecimento ao seu talento.

    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Fabi. Volte sempre ao Deslocamentos. Bjs

      Excluir
  5. Parabéns, amiga...
    Sei bem na pele o que é levar pau da FBN nesses editais...
    Isso é uma vitória e tanto...

    Estou com um projeto de publicação coletiva e quero você nela...
    Depois explico melhor.

    ResponderExcluir